Adicionar Guia Gratis Brasil ao Google

Guia Gratis Brasil » Celebridades » Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade

Tweet Comentar

Ilustre poeta brasileiro e de grandioso nome para nossa cultura brasileira foi Carlos Drummond de Andrade. Ele nasceu no ano de 1902 na cidade de Itabira. Sendo assim ele era de uma família de fazendeiros que estavam meio quebrados em relação ao dinheiro. Carlos estudou em Belo Horizonte no colégio Anchieta de Nova Friburgo na cidade do Rio de Janeiro. Porém neste colégio, ele foi expulso, e após volta para Belo Horizonte, e é lá que inicia sua carreira de escritor no “Diário de Minas”, mas ele começa como colaborador do jornal. Através da pressão de sua família, para que obtivesse um diploma, ele forma-se em farmácia no ano de 1925 na cidade de Ouro Preto. Com a ajuda de outros escritores Carlos funda “A Revista”, que possuiu breve vida, mas foi um grandioso veículo do modernismo em Minas Gerais. No ano de 1934 é transferido ao Rio de Janeiro, e lá se tornou chefe do gabinete de Gustavo Capanema, este que era ministro da Educação até o ano de 1945. Algum tempo depois ele começa a trabalhar no Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, e é no ano de 1962 que se aposenta. No ano de 1954, Carlos colabora como cronista no “Correio da Manhã”, e após o ano de 1969, no “Jornal do Brasil”.
Carlos Drummond de Andrade foi por vários anos durante seu tempo, o poeta mais influente da literatura brasileira.
“Suas obras: “Alguma Poesia”, “Brejo das Almas”, “Sentimento do Mundo”, “José”, “A Rosa do Povo”, “Claro Enigma”, “Fazendeiro do ar”, “Quadrilha”, “Viola de Bolso”, “Lição de coisas”, “Boitempo”, “A Falta que ama”, “Nudez”, “As impurezas do Branco”, “Menino Antigo (Boitempo II)”, “A Visita”, “Discurso de Primavera”, “Algumas Sombras”, “O Marginal clorindo gato”, “Esquecer para Lembrar (Boitempo III)”, “A Paixão Medida”, “Caso do Vestido”, “Corpo”, “Amar se aprende amando”, “Poesia Errante”, “O Amor Natural”, “Farewell”, “Os ombros suportam o mundo”, “Futebol a arte”, “Confissões de Minas”, “Contos de Minas”, “Contos de Aprendiz”, “Passeios na Ilha”, “Fala, amendoeira”. Dentre outros.
Portanto Carlos Drummond de Andrade, certamente só teve e tem a contribuir a nossa literatura, deixando a ainda mais vasta, e rica com seus livros.

GD Star Rating
loading...
Carlos Drummond de Andrade, 5.0 out of 5 based on 1 rating
Tweet
Tweet Comentar
Carlos Drummond de Andrade

Palavras relacionadas

Andrade, Carlos, Drummond

Artigos relacionados


Fatal error: Call to undefined function related_posts() in /home/ggbrasil/public_html/wp-content/themes/b120305/single.php on line 92